LETICIA MONTE

Diretora, produtora e ativista social. Sócia fundadora e diretora da Espiral, é também coordenadora do núcleo de produção e desenvolve projetos para documentários e filmes de ficção, videoarte, teatro e performance.


É codiretora com Flavia Guayer do documentário Movimentos do Invisível (2020), e é produtora dos filmes documentários Favela É Moda (2020), de Emilio Domingos, vencedor do Prêmio de melhor documentário pelo voto popular e Menção honrosa no Festival do Rio 2019; Gilberto Gil Antologia Vol.1 (2019) de Lula Buarque de Holanda; Uma Garota Chamada Marina (2019) de Candé Salles; e O Muro (2018), de Lula Buarque de Hollanda. É produtora associada dos premiados documentários A Música segundo Tom Jobim, de Nelson Pereira dos Santos e Dora Jobim (2012) e Mistério do Samba, de Lula Buarque e Carolina Jabor (2008).

 

Diretora do espetáculo-instalação Êxtase Anotado (Sesc RJ, 2016) e realizou a Concepção e Direção Geral do projeto de arte pública Visualismo Arte, Tecnologia e Cidade (RJ, 2015). Produziu diversos projetos de vídeo-arte para artistas como Janaina Tschape, Lula Buarque e Adriana Varejão.


Sócia-fundadora do Instituto CASA - Convergências de Arte, Sociedade e Arquitetura (www.institutocasa.org.br), coordenou o Selo de Qualidade Urbana, apresentado na Bienal de Arquitetura de Veneza (2015), e realizou as exposições Casa, Cidade, Mundo (Centro Cultural Helio Oiticica, 2016) e Minha Casa, Nossa Cidade (StudioX, 2015) e diversos seminários nacionais e internacionais. É também sócia-fundadora e presidente da Ser Cidadão (www.sercidadão.org.br), instituição que atua em processos educativos e de desenvolvimento comunitário na zona oeste do Rio de Janeiro.

LUIZ BUARQUE DE HOLLANDA

Cineasta e artista. Sócio-diretor da Espiral,  coordena o núcleo de criação audiovisual e desenvolve projetos autorais para cinema, documentários, séries e instalações de arte.


Sócio fundador da Conspiração Filmes, empresa na qual trabalhou por 25 anos, dirigiu os documentários Pierre Fatumbi Verger - Mensageiro entre Dois Mundos (1998), e Mistério do Samba (com Carolina Jabor, 2008), ambos premiados como Melhor Documentário do Ano pela Academia Brasileira de Cinema. É também diretor dos longas metragens de ficção A Taça do Mundo é Nossa (2003), O Vendedor de Passados (2015) e do episódio Atum Viscaya da série Mandrake (HBO, 2005), produtor do longa A Beira do caminho de Breno Silveira (2012), e diversos outros projetos.

 

Em 2018 lança o documentário O Muro, exibido no Festival do Rio e na Mostra São Paulo e desenvolve o longa-metragem Leite Derramado, baseado no romance de Chico Buarque.

A Espiral é uma produtora independente baseada no Rio de Janeiro que desenvolve, produz e distribui conteúdo audiovisual, de música e de arte contemporânea. Realiza filmes de ficção e documentários, séries, festivais e instalações com especial interesse e foco na cultura contemporânea, nas artes e na tecnologia e seus impactos na sociedade. Dentre suas recentes produções destacam-se os longa metragens Movimentos do Invisível (2020), Favela É Moda (coprodução OsmoseFilmes, 2019), Gilberto Gil Antologia Vol.1 (coprodução Gege Produções, 2019), Uma Garota Chamada Marina (2019), O Muro (2016), O Vendedor de Passados (coprodução Conspiração Filmes,2014), o festival Visualismo Arte,Tecnologia e Cidade (2015).

© 2019 Espiral

  • Branca Ícone Instagram
  • Branco Facebook Ícone